You are currently viewing 7 Inteligência emocional e autoconhecimento: 5 grandes benefícios

Muitas pessoas se questionam sobre o que fazer para terem uma vida mais plena. Embora não exista resposta ideal, podemos dizer que inteligência emocional e autoconhecimento contribuem bastante nesse sentido.

No post de hoje, apresentamos cinco grandes benefícios proporcionados pela inteligência emocional e autoconhecimento. Vale dizer que ambos os conceitos caminham juntos, pois é fundamental se conhecer muito bem para desenvolver a inteligência emocional.

1- Entender mais claramente as próprias fraquezas

Quem conhece a si mesmo é capaz de enxergar suas virtudes e fraquezas. Entender onde o calo aperta é o primeiro passo para buscar maneiras de minimizar esses aspectos em que você não é tão bom.

Pessoas com pouca inteligência emocional têm uma predisposição a fechar os olhos para seus próprios defeitos. Em outros casos, elas se sentem diminuídas e não conseguem dar o devido valor às suas virtudes.

2- Aprimorar a capacidade de liderança

Líderes que não têm inteligência emocional e autoconhecimento dificilmente conseguem conduzir uma empresa sem turbulências. Os dois pontos são essenciais para um comandante manter o planejamento de pé e a satisfação de seus colaboradores.

A inteligência emocional eleva a nossa capacidade de tomar decisões e de nos comunicarmos com outras pessoas. E essas são duas das principais atribuições de um líder.

Outro fator que merece ser valorizado é a sensibilidade que aflora em pessoas com inteligência emocional. Diante de conflitos ou de problemas pontuais com colaboradores, o diálogo será o caminho mais curto para aparar arestas e dar continuidade ao dia a dia da empresa sem grandes feridas.

3- Se superar diante de grandes obstáculos

Provavelmente, você viveu momentos em que as metas pareciam inatingíveis ou que certos obstáculos se colocavam como insuperáveis. A ideia de desistir pode até passar pela cabeça de alguém com inteligência emocional, mas essa é a última coisa em que irá pensar.

Se você conhecer a si mesmo e for emocionalmente equilibrado, conseguirá observar os grandes obstáculos com certo distanciamento e refletir sobre eles. Aquele desespero com efeito paralisante pode ser decisivo para que a gente tombe diante dos desafios. Para evitá-los, é preciso respirar fundo e avaliar as possibilidades de sucesso – ainda que elas pareçam pequenas.

4- Fortalecer as relações interpessoais

Seja em conversas com colaboradores ou em laços afetivos, devemos ter certas habilidades para conduzir as nossas relações interpessoais. A melhora na comunicação, principalmente sob o ponto de vista da capacidade de ouvir a outra pessoa, é determinante para fortalecer essas relações.

Quando não há inteligência emocional, os diálogos são truncados e as chances de um rompimento – pessoal ou profissional – são significativamente maiores. Quando pensar em inteligência emocional e autoconhecimento, considere que os dois conceitos vão ajudar você em todas as interações humanas que fazem parte da vida de qualquer pessoa.

5- Equilibrar melhor os diferentes desafios da vida

Este é certamente o benefício mais abrangente proporcionado pela inteligência emocional e pelo autoconhecimento. Todas as atividades da rotina de uma pessoa podem ser impactadas positivamente por esses dois fatores.

Em questões pessoais, uma inteligência emocional mais aguçada ajuda a minimizar os efeitos negativos de certos eventos. Uma briga com alguém querido, por exemplo, pode ser atenuada ou neutralizada se uma das partes tiver a inteligência emocional bem desenvolvida.

No campo profissional, a tendência é também a um maior equilíbrio. Adversidades fazem parte da rotina no trabalho, mas não devemos permitir que elas nos joguem para baixo e criem uma espiral negativa.